“Os teus filhos não são os teus filhos

são os filhos e as filhas da Vida

que anseia por si própria.

Eles vêm através de ti,

mas não de ti.

E, embora eles estejam contigo,

não te pertencem.

Podes dar-lhes o teu Amor

mas não os teus pensamentos,

porque eles têm os seus próprios pensamentos.

Podes abrigar os seus corpos

mas não as suas almas,

pois as suas almas habitam a casa do amanhã.

Que tu não poderás visitar,

nem mesmo nos teus sonhos.

Podes esforçar-te

para ser como eles

mas não tentes torná-los iguais a ti.

Pois a vida não anda para trás

nem se demora no ontem.

Tu és o arco

de qual os teus filhos,

como flechas vivas,

são lançados para a frente.

O arqueiro vê a força no trilho do infinito

e dobra-se com a sua força

para que as flechas partam rápidas

e possam chegar longe.

Deixa que a tua submissão,

na mão do Arqueiro

seja para a alegria,

porque, tal como Ele ama

a flecha que voa,

Ele ama o arco

que se mantém estável.”

Este é um dos temas que o filme “Profeta” aborda. A liberdade de deixar que os nossos filhos cresçam com o prório poder pessoal. E que vão crescer e têm os seus próprios sonhos (que não são os nossos, os dos pais).

Deixo-vos aqui o link para verem em família este inspirador filme animado.

Com Amor
Carina

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Coloca o teu nome e o teu email para receberes o meu ebook grátis "Best of Robin Sharma"
Carina